sábado, 5 de junho de 2010

Haikai (2)

A máquina bobina
o que a menina,
traquinando, maquina.

---

No papel, um raio cai.
No céu, rabisca
da poetisa um haicai.

---

Da tua respiração,
vivifica-se
a "pura imaginação".

22/04/2010 12:40h

- Esses haikais ganhei de um enorme pedaço do meu coração que eu costumo chamar muito carinhosamente de Cara de Furico -

Um comentário:

Fernando disse...

Adoro você, minha cara de furico de nenem. Carinhosamente, é claro.

Histórico


as primeiras ideias...