sábado, 8 de julho de 2006

Cronicando

Já tentei por tantas vezes escrever crônicas e nunca consegui. Os textos nunca ficam cronicados. Por todas essas tentativas, eu me pergunto se existe uma fórmula para escrevê-los de forma que croniquem algo. Talvez eu peque por querer cronicar, talvez não. Seja o que for, eu não ficarei aqui parada, vou descobrir como se cronica.

Certa vez escrevi sobre uma mocinha. Foi um fato. Aconteceu de verdade e fiquei mesmo decepcionada com o final do dia, mas disseram que não se tratava de uma crônica, que era um conto, uma narrativa. Quanto mais me explicam o que é uma crônica, mais eu escrevo contos tentando cronicar e não cronico nada. Nesses momentos, quando termino minhas cronicas que não cronicam, eu penso que talvez cronicar não seja a minha especialidade. Outras vezes eu penso em não tentar outra vez. Outras vezes eu penso que croniquei sim, mas os outros não compreenderam minha cronicação! Pronto.

Em outra tentativa, escrevi sobre uma viagem de uma familia. Julgaram irreal demais para ser um fato cotidiano. Como algo que aconteceu na minha infância pode ser irreal? Eu sou um ser humano normal e acontecem coisas reais comigo. Acho que escrevendo crônicas eu não consigo cronicar, mas escrevendo outro estilo eu cronico muito bem. Ou criei uma vertente nova para as crônicas.

O que importa é que eu gosto de tentar. Não é isso que faz os escritores seguirem escrevendo?! O gostar de tentar. Talvez não seja, mas eu gosto ainda assim.

25 comentários:

Shadow disse...

Contiune tentando...
Uma hora você consegue...
E não digo que conseguira cronicar, como você mesmo disse, mas vai fazer com que as pessoas entendam suas cronicas e as vejam como tal...
Bjus!
=**

Tai Demonark disse...

Isso acontece com todos nós!
Nunca conseguimos escrever uma crônica quando queremos! Entretanto quando vamos escrever uma narrativa, sai uma crônica!

Acho que a tecnica certa, pelo menos pra mim, é pegar o papel e pensar:
-Vou escrever! Não importa o que!

As vezes funciona! Entretanto em outras nem consigo começar a me expressar...
Depende muito do estado de espírito, eu acho...o.o
Ou talvez não...

Mas quem sabe?

Ord3p disse...

Eu te amo

Beka Alves disse...

Nossa q texto...
Cronicado..
hehehe...

Tá maxa...

E tenta tenta tenta...
heheheh...

Bjaun!!

Ulisses disse...

muito legal essa cronica !
bem ...acho que vc conseguiu ! XD~

boa sorte nas proximas ! XD~
boa sorte em tudo o que for fazer

Lucas Teixeira disse...

na minha opinião
cronicando ou não
vc realmente sabe se expressar
e eh isso o ki importa
de que adianta escrever uma cronica
se vc nao manifestar ou enfatizar o assunto e questão ?
vc escreve bem e usa as palavras certas

Ariane disse...

Eiiiiiiiiiii....
hum.. vai tentando uma hora vc consegui...
não faça q nem eu!
não suba no pé de manga quando estiver chovendo...
vc vai acabar caindo e se estabacando no chão..
e alguém vai acabar conrtando ele...
aí só vai dar pra vc recorer ao vizinho....
hasuashaushaushausaushausausauhs

[Ari~/

Squall disse...

Vc vai conseguir não se preocupe.
=***

Ariane disse...

“Somos todos anjos de uma asa só e só podemos voar quando abraçados uns aos outros”
.
.
.
=X

CP disse...

Boa sorte... (Comentário idota, né? Bem próprio dos comentaristas idiotas)
:*

Clarissa disse...

Só digo uma coisa Bek...quando tu num tiver mais pensando em cronicar aí sai...
É assim mesmo...acontece quando a gente menos espera!!!


bjoo

yuri_x disse...

"A crônica da vida é um conto teatral, que varia do fantástico ao banal." Massa né? Inventei agora =P flw!

David...vulgo bob disse...

oi Rebeca tudo bom né...
caraca agente estudou juntos com uma galera q faz mais de 4 anos, mas parece q passou tão rápido.... oq queria mesmo é q o tempo voltasse para algumas coisas e q nunca mais voltasse para outras coisas, mas o mais importante é q o tempo dos amigos sempre são guardados em nossos corações, pois amizade permanece por gerações...
.....abraços.....


....aaaah quando tu ficar rica não esquece de mim viu...

LHP disse...

Isso ai... tente sempre mais... quem tenta um dia consegue...
E você tem capacidade para conseguir tudo que almeja...

:)

Diego Myra disse...

haihaohuhuieha
eh isso ae
o importante eh gostar de gostar, de tentar de gostar, gostar de tentar, cronicar tentando, tentar cronicar gostando... o.O
eh isso ae! bah!
tipow, o importante eh criar o seu conceito baseado no q vc aprendeu com as suas experenciar sobre a definição de crônica!
;***
q coisa confusa haiouhauhea
parece contigo! ^^

Bee disse...

nunca desista de tentar, fiota!!! ^^
pelo menos vc consegue escrever algo.. rs
beijos minha linda!!
te amo, fiota!!! =***********

JD disse...

Tu quer saber o que o JD, em sua quase infinita ignorância, acha?

JD acha que tu escreveu a tua primeira crônica, com "Cronicando".

Parabéns! Tá ótimo! ;)

;*********

Thiago Fonsêca disse...

E eis uma simples e pura crônica!
=D

Castello Bianco disse...

Eu também não cronico nada... =P

Ou crônico...

Sei lá...

Aliás, se quiser, pode ler minhas crônicas incronicáveis um dia... =P

E você não é uma pessoa real... É malk, e malks não existem...

=***

Anna disse...

Eu não sei dizer se conseguiu ou não cronicar, não entendo muito dessas coisas, hehehe... Mas o importante é que faz textos excelentes, crônicas ou não!
E vai tentando... vai tentando pq seus leitores agradecem a produção! =D
Te amo, maninha!
=***

Neo- disse...

Continue a nadar, continue a nadar!

E a cronicar, ou pelo menos tentar

=D

Sel disse...

Com o perdão do trocadilho, eu sofro desse mal crônico de não saber cronicar. É uma merda. Acho q eu nem sei que diabos é uam crônica. Aliás, tem horas que duvido que saiba escrever...
enfim...
po, tu é insistente, mulher! eu comento... demoro, mas comento! :P
bjbjbjbjbj

Bel disse...

É né... já que vc insiste em ter meu humilde comentário aki, vamos la!

bem.. eu prefiro fanzines à blogs! :P

fatima disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
fátima (a mamãe) disse...

E com certeza, sempre tentando, você será uma grande, mas uma grandíssima CRONICANTE. Je suis sûre.

Histórico


as primeiras ideias...