sábado, 13 de maio de 2006

Não sou deusa.

Subi ao Olimpo, uma subida fácil para mim, ser dotado de perfeição. Ao chegar, me dirigi à mesa de Pandora, a primeira mulher e secretária pessoal de Zeus:

- Pandora, Zeus se encontra?! – perguntei com a classe inerente a uma deusa.
- Claro, Vênus, ele está.
- Avise-o que estou aqui para vê-lo.
- E o que mais faria você aqui, não é mesmo...
- Como?
- Pode entrar. Para você, ele sempre tem tempo...

Mesmo tendo as atenções de Zeus por ter sido a primeira mulher, Pandora invejava a minha divindade. Ostentava sempre um ar de deboche. Porém, eu já não me interessava por isso. Não procurava Zeus pelos motivos triviais que a enraiveciam, mas que assim pensasse. Entrei na sala de Zeus com a centelha da divindade irradiando em mim, causando inveja e ciúmes em Hera e tantas outras deusas.

Sentei-me no parapeito de uma grande janela, ignorando as almofadas e os divãs, e olhei para as nuvens e para todo o Olimpo que, de onde eu estava, poderia ser magnificamente apreciado. Poderia se eu estivesse vendo. Olhava, mas não via. Estava muito absorta em minha decisão para apreciar tão repetida e bela paisagem.

- Vênus! - veio Zeus ao meu encontro para tomar-me entre os braços dos quais eu me desvencilhei e expliquei-lhe em poucas palavras:
- Adeus! Sou humana, Zeus, não sou deusa. Faça-se cumprir minha última vontade: meus adoradores agora adorarão Afrodite e você não mais irá me procurar.
E, assim, desci do Olimpo, não sem certo pesar, pois já não era deusa. Apenas humana.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
texto extremamente lírico e fictício, sem relação demasiada com a cultura grega.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
flogs pessoal: http://www.flogs.com.br/bekxavier

16 comentários:

Isabel disse...

é.. meros mortais..

Shadow disse...

Gostei do texto =D
E é isso que somos, por mais divinso que nos concideremos...
Não passamos de mortais...
Bjus!

Ed Fagundes disse...

Adorei o texto, Bek.
Realmente apenas humanos.
x**

Ingrid disse...

Um mera mortal. Simples humana. Que sofre processos e tem sentimentos que nenhum deus jamais terá.

Bazinha disse...


linda!!!!!!
linda... e linda...
te adoro garota... cada dia mais...
vc é minha humana favorita... se precisar de ajuda pra descer...
é só me chamar... beijos...
mas nao promete descermos sem arranhoes...

Nara disse...

Humanos,realmente...nada além..!!
Bom demais o texto =)
saudades de Vc,menina!!
Bju gnd,Linda!

Angel disse...

Você foi feita não perfeita, as vezes confusa, as vezes passando por algum problema, para não se distanciar tanto dos meros mortais.
Você é sim humana, mas isso não quer dizer que não seja especial absurdamente. E você sabe que é. Suas qualidades são enormes!
;**********
tinhamu!!!

Thorin disse...

É... o mais difícil é cair pela primeira vez e sentir o gosto metálico do sangue na boca. Nisso somos superiores aos Deuses. Nós nascemos sentindo o sabor da queda...


PS: Quero ver um livro escrito por vc e pela Sel!!

Mad disse...

Já dizia Aquiles...

Rafael Castelo disse...

Quem disse pra esse povo que os deuses não amam e não sentem e não são humanos?

Os deuses gregos tinham por característica básica serem humanos demais. Talvez por isso o culto acabou sendo abandonado. As pessoas gostam que seus deuses sejam mais que humanos. Assim como muitas vezes se espera que os homens sejam mais que humanos. Que perdoem, que não sintam mágoa, que não desejem vingança, que sejam austeros, que sempre vivam gratos a tudo e a todos.

Nós não nascemos assim. Somos a imperfeição em carne e osso. É a vida. Mesmo quando nos elevam a algo sobre-humano, e nosso ego passa a habitar um reino de núvens, ainda somos humanos, e nos preparamos pra queda. Assim, prefiro o chão. Mesmo que alguns voos ainda me causem frio na barriga e uma certa excitação. Quando devo voar, navego. Navegue, Bek... Também é flutuar, mas a embarcação é mais firme e sempre se pode atracar no cais. E seja humana. Deixe os sentimentos divinos com as divindades que as possuem - e seja como as que não possuem. Afinal, mesmo nós ainda temos algo de bom... Em algum lugar... =p

chelsea disse...

Ah se eu fosse a Afrodite.

Bao disse...

Poza...! QUe legal
GOstei do final heheheh! XD

ZéZiM disse...

A deusa deixou de ser deusa e se tornou...
REBEK!
uhaeuhaehuae

where are you bek? ---------o// -----o//

sanaksunamon disse...

o que vc não sabe ...
...é que ainda sim continua
sendo DEUSA!
Afinal os sonhos e
desejos são divinos, assim seus criadores são Deuses.(Por mas que não se tornem realidade facilmente)^^
Te amú cria!
bjos!

Ráy disse...

Muito bom!
É sua história Mom's? rs

JD disse...

Me forço a repetir o que disse do outro que li...

PHoDDa!

Menina, tu escreve muito bem... e teus textos são profundos!

Beeeijo, Bek!

Histórico


as primeiras ideias...